terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Capitulo 13



(deem play quando a letra começar: https://www.youtube.com/watch?v=X9_n8jakvWU)
(deem play quando a letra começar 2: https://www.youtube.com/watch?v=HjU0xAZbZkA)


                                 Nathan's Pov

Chegamos em casa e eu levei a Roxy para o meu quarto, deitei-a na cama puxei um pouco as cobertas e depois desci as escadas para encontrar o pessoal.

- O que aconteceu quando ela foi pra perto do palco Jay? - perguntei.

- Eu não sei, o cara que tava cantando olhou pra ela, e do nada ela já estava quase no chão.

- Ela viu o Zach... - Megan comentou.

- O...o ex dela? - perguntou Max gaguejando.

- Ele mesmo. 

- Mas como? – perguntei.

- Ele não canta naquela banda....All Star Weekend...eu acho. - Siva falou coçando a cabeça.

- Sim, ela reconheceu a voz dele quando começou a cantar. - Meg falou se jogando no sofá, ao lado de Max que não tinha uma expressão legal.

- Nathan eu acho melhor a gente levar ela pra casa. – comentou Jay.

- Eu também acho Nath. – concordou Meg.

- Eu vou lá buscar ela, enquanto isso liga o carro Jay. – falei já subindo as escadas, cheguei em meu quarto e a peguei no colo, ela dormia tão tranquila que dava até medo de acorda-la. Voltei para sala e o Jay já não se encontrava lá.

- Tchau Max! – Megan falou chegando perto dele para dar um selinho, mas ele desviou o rosto.

- Tchau! – ele respondeu bravo e subiu. Fomos caminhando até o carro enquanto Meg estava com uma cara estranha.

- Por que o Max fez aquilo?

- Enrique Iglesias.

- Ta brincando né?

- Ciúmes é foda.

- Mas do Iglesias? Eu sou só fã dele, nada haver, o Max não precisava dar esse ataque.

- Vai entender ele né?! - ela apenas riu, entramos no carro e o Jay nos levou até o apartamento delas, Roxy não acordou por nada, o que acabou colaborando, levei-a até o seu apartamento e conversei com a Megan sobre visita-la no outro dia.

                                       Megan’s Pov

Acordei cedo e me arrumei para ir a Academy. Passei no quarto de Roxy que ainda dormia calmamente, sai e comprei um café na cafeteria mais próxima. Cheguei na aula e já fui logo me alongando.

- Turma, hoje vamos fazer a primeira seleção para um teste de dança. Quem passar será avaliada pelo Cantor que esta selecionando - a professora entrou na sala com essa noticia. Depois de muitos alunos dançarem individualmente, chegou minha vez. dancei o que ela pediu: um pouco de Hip Hop, ballet e fiz uma pequena coreografia de eletrônica.

- Muito bom Megan – sorriu, depois de apreensivos segundos, surgiu o resultado que passei para a segunda etapa. Sorri contente comigo mesma e com meu esforço, agora a duvida era, quem era esse tal cantor. Cheguei em casa e Roxy estava jogando.

- Oi Roxy. - falei colocando minha mochila no sofá.

- Oi Meg. – ela sorriu.

- Ta melhor?

- Sabe como é né?! Foi só um susto.

- Espero que não aconteça mais isso. - falei mostrando meu lado "protetor" o que eu odiava.

- Relaxa, não vai acontecer de novo.

- Ah, sabe o que aconteceu? Passei em uma seleção la na academy.

- Ah que ótimo Meg, mas seleção para...?

- Fazer parte de uma equipe de bailarinos de um cantor ai.

- E vai ter segunda seleção?

- Vai, e o cantor vai selecionar.

- E quando é?

- Hoje a tarde, tenho até que me arrumar logo.

- Então corre mulher, ta pensando o que?

- Ta tchau, vou banhar. - sai correndo para o banheiro, daqui a algumas horas era o encontro com o tal cantor.

 xx

Já eram 15:00 hrs da tarde e eu estava nervosa, a Professora pediu para que esperássemos em uma sala.

- Meninas ele já esta lá. - ela falou e caminhamos até uma sala maior, entramos em fila e paramos na frente , até quando eu vi quem era.

- Não acredito. – soltei.

Era ele, Enrique Iglesias, ele estava sentado em uma posição consideravelmente Sexy nos olhando, não sabia se sorria ou ficava séria.

- Boa tarde meninas. Bom, eu vim avaliar vocês para 3 serem minhas bailarinas por essa turnê por Londres - ele falou elegantemente. Quase tive um ataque do coração, mas mantive a postura. Logo as primeiras começaram a dançar e ele olhava e dizia algo para que só seu assessor ouvisse. Enquanto eu olhava a menina dançar, meus olhos desviaram para ele e vi que ele  me fitava com uma sobrancelha arqueada. Será que me reconheceu?

- Próxima - ouvi alguém falar e caminhei até o meio da sala.

- Seu nome? - ele perguntou, se ajeitando na cadeira.

-Megan.

- Bonito nome, igual a pessoa.

- Obrigado. - sorri pelo elogio vindo logo do meu ídolo.

- Bem Megan, pode começar. - ele sorriu e logo comecei  a dança, depois de terminar, sai e fui para o lado das outras. Ele ficou em pé e veio caminhando.

- Bom eu escolhi você, você, e você Megan. - ele segurou em minha mão. Fiquei paralisada com o toque, recuei um pouco e sorri, assim que todas já estavam indo embora, peguei minha mochila e vi uma sms de Max.

"estou indo ai te buscar, preciso falar algo com você - Max George"

Desci as escadas da Academy e quando estava chegando na porta alguém tocou meu braço.

- Megan...

- Enrique! - falei espantada com ele ainda ali.

- Você vai aceitar a proposta de ser minha bailarina? - ele sorriu elegantemente, ali tão perto de mim.

- Eu ainda não sei... - juro que pensei no Max e no ataque que ele ia dar se soubesse, mas ele não era nada meu, infelizmente.

- Aceita...por favor. - ele segurou em minha mão.

- O que é isso? - a Voz de Max soou um pouco alto atrás de mim, fazendo eu puxar bruscamente minha mão.

- Isso o que Max? – perguntei.

- O que ele ta fazendo aqui?

- Max, ele...

- Vim Seleciona-la para ser minha nova bailarina. - Enrique falou.

- Você ta louco Iglesias? - Max cuspiu.

- Max! O que é isso? - perguntei pela falta de respeito da parte dele;

- Você vai aceitar?

- Max, por favor para com isso. - pedi prevendo briga.

- Maximillian George não é? Ela vai ser só bailarina. - Enrique se pronunciou.

- Fica calado Iglesias!

- Max! Não fale assim do meu Chefe!

- Então você aceitou? - Max perguntou surpreso e Enrique também.

- Quero ir embora, depois eu resolvo isso. - falei para Enrique que assentiu. Passei por Max e caminhei até o outro lado da rua, entrando no carro e esperando ele entrar. Depois de minutos ele deu a partida e ficamos calado, no silencio perturbador. Aquele ciúmes do Max não estava ajudando em nada.

                                      Nathan’s Pov

Enquanto a Megan estava na Academy eu resolvi passar no apartamento delas para ver como a Roxy estava, ficamos na sala jogando um pouco de video game, e depois ela subiu para um banho, enquanto isso eu assistia televisão, bem... até alguém tocar a campainha e me atrapalhar.

- Quem gostaria? - perguntei abrindo a porta e logo meu sorriso sumiu.

- Eu preciso falar com a Roxy. - comentou um dos três garotos na minha frente.

- Nem pensar!!

- Da pra chamar ela logo, precisamos ter uma conversa importante.

- Ela não tem nada pra falar com você.

- Como você sabe eim?

- Qual é cara, você pegou a prima dela e fez com que ela visse tudo. Não ta de bom tamanho? Ela já sofreu demais em suas mãos.

- Como você sabe disso tudo? Além do mais eu preciso resolver isso com ela. Da pra chama-la por favor.

- Olha aqui...

- Quem é Nathan? - ela perguntou me interrompendo.

- Roxy!! Precisamos conversar.

- Com você Zach? Nunca mais, some da minha vida por favor.

- Não enquanto eu não conversar com você.

- Ela já disse que não quer cara. - me pronunciei.

- Nathan... ok Zach, a gente conversa, mas não tente nenhuma gracinha, entendeu?

- O QUE? Você ta ficando louca Roxy? - perguntei desesperado.

- Nathan eu sei o que faço.

- Ah mais que droga.

- Entra logo Zach. E vocês dois acompanhem o Nathan até a cozinha. - ela deu passagem pra eles entrarem. Tentei não ter um ataque de nervos ao ouvir aquelas palavras, apenas fiz o que ela pediu e caminhei até a cozinha com os companheiros de banda do Zach.

                                          Roxy's Pov

Eu e o Zach nos sentamos no sofá da sala, enquanto o Nathan e os garotos iam para a cozinha, ficamos frente a frente, cara a cara.

- Fala logo Zach não to afim de gastar meu tempo.

- Vou direto ao ponto... eu ainda gosto de você.

- Por favor conta outra vai!

- É sério Roxy, eu já tentei de todas as maneiras e formas te esquecer mas eu simplesmente não consigo, aquele dia com a sua prima foi um erro, eu estava meio bêbado e você sabe disso, eu não consigo tirar você da minha cabeça, por favor me perdoa.

- O problema Zach é que aquela não foi a primeira que você aprontou.

- Eu sei, eu errei muito, mas eu aprendi, mesmo que da maneira mais difícil, e agora eu não quero mais cometer erros, e eu quero ter alguém que eu gosto ao meu lado.

- Esse é o problema, você nunca foi capaz de amar, eu sempre estava ali quando você precisava, sempre te dei todo amor, e como você retribuia? Pegando qualquer uma que passasse.

- Eu sei que eu nunca fui o namorado que você merecia, mas eu mudei e muito. - ele comentou se aproximando mais de mim.

- Eu não quero saber, eu quero que você suma.

- Eu sei que você ainda gosta de mim Roxy, seu olhar não esconde isso.

- Meu olhar é de raiva, desgosto de te ver aqui.

- Você esta mentindo, você não me engana.

- Zach para de tentar colocar coisa onde não tem por favor. - me levantei e ele logo veio atrás de mim e segurou firmemente em meus braços.

- Eu to apenas falando a verdade.

- Me solta Zach, eu vou começar a gritar e o Nathan não vai gostar dessa cena.

- O que ele é seu? Namorado? Duvido, aquele ali só pega e larga.

- Não fala assim dele, você não o conhece.

- Roxy, você sabe que eu sou melhor. E eu tenho certeza que você ainda tem um sentimento por mim. - ele disse se aproximando ainda mais até que nossos corpos estivessem pertos o suficiente.

- Zach não tenta isso... eu não to brincando.

- Você não vai poder fazer nada mesmo. - ele disse segurando firmemente em meu braços e e selou nossas bocas, eu tentava a todo custo escapar dali, mas minha força não era o suficiente.

- O QUE É ISSO? O QUE ELE ESTA FAZENDO AQUI? - assim que Megan gritou, ele me soltou.

- Megan me tira daqui por favor. - eu falei ainda meio transtornada.

- MENINO QUEM DEIXOU VOCÊ ENTRAR AQUI? NATHAN CADÊ VOCÊ?

- Megan por favor me tira daqui logo. - eu já estava quase implorando pra Megan, até que o Nathan apareceu.

- O que aconteceu? - ele perguntou bravo.

- O Zach estava beijando a Roxy. - comentou Max.

- O QUE? E você deixou? Eu tentei te avisar Roxy. - ele já estava tão revoltado que só faltava explodir. - e vocês ai podem ir embora...

- A gente vai... mas eu ainda tenho assuntos pendentes com você Roxy. - Zach falou saindo do apartamento.

- Cacete! É confusão atrás de confusão. – comentou Meg.

- Confusão, por que a Roxy deixou que tudo acontecesse. - respondeu Nathan.

- Não coloca a culpa em mim você não sabe o que aconteceu aqui.

- Eu sei muito bem, você cedeu Roxy, você ainda gosta daquele babaca e fica ai brincando com os outros.

- Da onde você tirou isso Nathan? Bateu a merda da cabeça? Eu não gosto dele, e eu não to brincando com ninguém aqui.

- Não magina, só comigo, eu sabia que não deveria ter me envolvido, não assim tão rápido, e ainda mais com alguém problemática igual você. - ele falou saindo correndo do apartamento e o Max o seguiu.

- Ai que maravilha, agora a culpa é minha.

- Estamos na mesma furada com esses dois idiotas.

- Meg, eu sou tão problemática assim?

- Não, as pessoas só não te entendem.

- Meg, eu não queria ter beijado ele, foi forçado eu não consegui me soltar e...

- Eu sei, calma, não precisa explicar pra mim.

- O Nathan não vai me ouvir, ele é muito teimoso.

- Deixa ele se acalmar, depois vocês resolvem. - ela passou a mão na cabeça e fez expressão de dor.

- O que aconteceu com o Max? Algo me diz que não esta nada bem.

- Sabe o teste? Pois é, era o Enrique Iglesias, dai eu passei e depois ele veio conversar comigo. O Max viu e ficou falando merda, e ainda tenho que pensar se aceito ou não ser bailarina do Iglesias.

- Mentira? O Iglesias? Você tem que aceitar isso, é uma ótima oportunidade pra sua carreira Meg, não estraga assim. E o Max ele vai entender.

- Mas o Max fica com história, com raiva. Aff eu odeio isso.

- Eu converso com ele depois, agora liga pro Iglesias e fala que você aceita.

- Certeza???

- Sim! Agora liga logo, eu quero saber tudo. - ela pegou o celular e depois de alguns segundos já estava conversando com a produtora dele, conversa vai conversa vem até que ela finalmente aceitou a proposta. Poxa dançar para o Enrique Iglesias, isso ia dar um up na carreira dela. Segundos depois, Megan desligou o telefone e ficou me encarando de boca aberta.

- Adivinha o que aconteceu Roxy!

- O que? O que?

- Eu tava falando com a assessora do Enrique, quando ele ouviu ela falar meu nome. Depois ouvi a voz dele e ele perguntou se eu queria ser a acompanhante dele em um evento.

- AAAAAAAAAAAAAAAAH ESSE IGLESIAS É MUITO PERFEITO CARA!!! E VOCÊ ACEITOU NÉ??

- Sim...porque ele disse que ia sozinho e bom...o Max não quer ver nem minha cara.

- Vocês não namoram e você é dona do próprio nariz então não tem o por que ele ficar revoltadinho assim... você ta fazendo isso por sua carreira, ele já tem a dele, e você precisa construir a sua.

- Verdade...e você acredita que é aquele evento de musica que você já ia?

- Eu não sei se vou, não tenho acompanhante.

- Por favor, você tem que ir! Você nunca foi de se abalar por qualquer besteira e não vai ser agora que vai deixar de desistir das coisas.

- Iglesias tem um primo? – perguntei rindo. – qualquer coisa eu vou sozinha.

- Essa é a Roxy que eu conheço.

- Que horas é o evento?

- Hoje a noite, e vai ser chique.

- E como vamos?

- Carro importado do Enrique Iglesias porque somos divas. Ele passa aqui as 21:00 hrs.

- Já pensou chegarmos no evento com o carro do Iglesias? - eu dei um pequeno surto fazendo ela rir.

- Vamos abalar geral, descer do carro igual aquelas divas do cinema, colocando só uma perna pra fora e ainda acompanhada de um gostoso.

- Você vai estar acompanhada de um gostoso.

- Mas você vai esta junto, então da no mesmo.

- Só que não Meg.

- Claro que sim! Pelo menos vai se distrair, sei que os meninos vão esta lá então evita só o Nathan assim como vou evitar o Max.

- Evitar o Nathan? Complicado.

- Pelo menos tenta. Sei que eu indo com o Iglesias vou ta brincando com fogo por causa do Max, mas ele pediu isso.

- Você ta se jogando na fogueira amor, Max vai ficar louco.

- Não me faça desistir! E se ele der uma crise sei lá? Talvez sim ou talvez não porque eu não represento nada pra ele mesmo.

- Ele não vai ter uma crise, vai ter um ataque do coração. E você tem que ir arrasando.

- Para Roxy! Já não quero ir mais!

- Ta bom, parei! São que horas?

- 17:00hrs acho que já podemos começar a nos arrumar! O Iglesias vai ligar para saber o local. - ela terminou de falar e subiu as escadas para tomar banho, eu continuei na sala assistindo um pouco de televisão esperando ela sair.

                                          Max’s Pov

Eu e os meninos já estávamos no evento, e aquilo tava um completo tédio sem as meninas, mas a minha raiva e a do Nathan ainda não tinha passado. Resolvemos tentar não pensar nelas naquela noite, já que elas não apareceriam ficaria tudo mais fácil.

- Ai que droga, eu não gosto de usar terno. - comentou Jay ajeitando sua roupa.

- Relaxa Jay daqui a pouco tem a festa e você tira isso dai. - comentou Tom olhando para a entrada.

- O que foi Tom? - perguntou Siva acompanhando o olhar dele.

- Não sei, ta uma movimentação muito grande na entrada.  - ele respondeu fazendo todos virarmos o olhar para lá. Ficamos olhando por uns vinte minutos até a razão daquilo tudo aparecer, Enrique Iglesias.

- Cara a Meg ta com ele? - perguntou Nathan forçando os olhos para tentar ver melhor a acompanhante dele.

- Não só a Megan, a Roxy ta logo atrás. - falou Jay se levantando e caminhando até eles.

- O que ele ta fazendo? - perguntei bravo.

- Indo cumprimentar as meninas, e eu também vou. - respondeu Tom e Siva o acompanhou deixando apenas eu e Nathan na mesa.

- Idiotas. - Nathan resmungou.

- Babacas. - falei revirando os olhos, assim que elas se aproximaram um pouco consegui ver a roupa delas, Meg (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=66702198&.locale=pt-br), Roxy (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=66686889&.locale=pt-br). Olhei para Nathan e ele estava encarando Roxy, não desviava o olhar por nada, enquanto ela resistia a tentação de olha-lo e se mantia conversando com algumas pessoas que estavam em volta dela. 

- Ela esta linda Nathan. - comentei e ele revirou os olhos.

- Infelizmente esta mesmo, a Meg também esta... - quando ele terminou de falar, analisei a Megan, que estava de braço dado com o Iglesias e estava simplesmente perfeita, comecei a me sentir um completo idiota, eu tinha entregado ela de mão beijada pra ele... ela me olhou com um pouco de tristeza e voltou a sua atenção para o seu acompanhante. Desviei meu olhar e depois de alguns minutos o Iglesias e o Pitbull subiu no palco para fazer uma apresentação meio que surpresa.

Girl please excuse me
Garota, por favor me desculpe
If I'm coming too strong
Se eu estou vindo com muita pressão
But tonight is the night
Mas esta noite é a noite
We can really let go
Nós podemos realmente nos soltar
My girlfriend is out of town
Minha namorada está fora da cidade
And I'm all alone
E eu estou sozinho
Your boyfriend is on vacation
Seu namorado está de férias
And he doesn't have to know
E ele não tem que saber

Ele começou a cantar e a raiva estava percorrendo meu corpo, não por causa dele agora, mas sim por que a Meg simplesmente amava essa musica e provavelmente estava surtando, preferi não olha-la sabia que me decepcionaria.

No one can do the things
Ninguém pode fazer as coisas que
I'm gonna wanna to do to you
Eu vou fazer com você
Shout it out, scream it loud
Grite, grite bem alto
Let me hear you go
Deixe-me ouvir você explodir

Comecei a analisar o meu copo, a bebida, tudo menos aquele babaca cantando e a Megan, provavelmente ela estava com um sorrisinho besta estampado no rosto.

Baby I like it
Amor, eu gosto
The way you move on the floor
Da maneira como você se move na pista
Baby I like it
Amor, eu gosto
Come on and give me some more
Venha e me dê um pouco mais
Oh yes I like it
Oh sim eu gosto
Screaming like never before
Gritando como nunca antes
Baby I like it
Amor, eu gosto
I, I, I like it.
Eu-eu-eu gosto.

Eu não estava conseguindo disfarçar, olhei para Megan que estava completamente animada, olhei para o palco e ele estava cantando olhando e apontando pra ela, definitivamente agora ele tinha passado dos limites, agora eu realmente estava nervoso.

Girl please excuse me
Garota, por favor me desculpe
If I'm misbehaving, oh
Se estou mal-comportado, oh
I'm trying keep my hands off
Eu estou tentando tirar as mãos,
But you're begging me for more
Mas você está me implorando mais
Round round round
Gire, gire, gire
Give a low low low
Dê um berro, berro, berro
Let the time time pass
Deixe o tempo-tempo passar
'Cause we're never getting old
Porque nunca ficaremos velhos

O pior não era isso, ela estava curtindo cada minuto enquanto eu estava prestes a explodir, ele não podia ter escolhido outra musica? Ou simplesmente outra garota? Tinha que ser a minha?

No one can do it better
Ninguém pode fazer melhor
Turn around I'll give you more
Vire-se, eu vou te dar mais
Shout it out, scream it loud
Grite, grite bem alto
Let me hear you go
Deixe-me ouvir você explodir

Eu estava quase explodindo mesmo, mas de ódio, raiva, ira, eu estava com uma vontade de pegar algumas garrafas e acertar na cabeça daquele idiota e depois encher ele de socos, fazer ele se lembrar de nunca mexer com a garota dos outros.

Baby I like it
Amor, eu gosto
The way you move on the floor
Da maneira como você se move na pista
Baby I like it
Amor, eu gosto
Come on and give me some more
Venha e me dê um pouco mais
Oh yes I like it
Oh sim eu gosto
Screaming like never before
Gritando como nunca antes
Baby I like it
Amor, eu gosto
I, I, I like it.
Eu-eu-eu gosto.

Eu não sabia se tinha mais raiva dele por estar fazendo tudo aquilo, ou de mim por ter deixado que aquilo acontecesse, quem era o mais idiota? Com toda a certeza eu, se eu não tivesse discutido provavelmente ela estaria ao meu lado e não do dele.

Assim que a musica acabou ele agradeceu e desceu do palco indo logo em direção a Meg que o recebeu com um abraço, já estavam bem íntimos para apenas um dia não? Olhei para Nathan e segui seu olhar, estava analisando Roxy conversado com um cara, forcei os olhos para tentar reconhece-lo, não era apenas um cara qualquer, era um produtor, para ser mais especifico, o produtor da Pink. Voltei meu olhar para Nathan que me olhou meio assustado, acho que os nossos pensamentos eram exatamente iguais, Roxy iria nos abandonar?

                                         Nathan’s Pov

Eu fiquei em choque por alguns minutos, a Roxy não podia nos abandonar, mesmo que a gente tivesse brigado, não era justo, ela tinha acabado de entrar, assinar um contrato, ela simplesmente não podia sair do nada.

Olhei para Siva que fez sinal para mim e para o Max, fomos até ele e logo em seguida nos dirigimos até o carro, agora era hora da festa, nada melhor que bebida para me acalmar, ou não. Demoramos uns quarenta minutos para chegar no lugar da festa, era um pouquinho longe e o transito também não estava cooperando muito.

Chegamos no local e já estava cheio, depois de algum tempo conseguimos entrar, e como nossa sorte era monstra, demos de cara com a Megan sentada ao lado do Iglesias, comecei a procurar Roxy e me deparei com ela caminhando até a mesa com duas garrafas, uma de vodca e outra de tequila.

- Cara ali é a Roxy? – perguntou Jay meio besta.

- E...eu acho que é. – respondi gaguejando.

- Ela ta gostosa pra porra. – comentou Jay mexendo nos cabelos. Digamos que a roupa que ela estava destacava muito bem as formas de seu corpo (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=66694929&.locale=pt-br), eu tentei desviar meu olhar, mas era meio impossível, até que o Max chegou do meu lado e começou a me encher o saco.

- Olha lá o que você perdeu. – ele disse rindo.

- Só eu? – perguntei assim que Megan se levantou, ela também estava com um vestido que revelava bem o seu corpo completamente definido (http://www.polyvore.com/cgi/set?id=66704717&.locale=pt-br).

- Droga!

- Meg resolveu me matar de vez. – comentou Tom rindo.

- Acho que o Iglesias vai se dar bem hoje.

- Vai se fuder Nathan. – Max comentou se sentando em um dos bancos de frente para o bar, e eu logo o segui, pedi umas das bebidas mais fortes que tinha ali e Max me acompanhou, mas acho que ele exagerou um pouquinho, afinal a cada segundo ele tava virando um copo, eu estava mais preocupado com a Roxy então parei de prestar atenção nele, ela estava rindo com o pessoal que estava na mesa e se divertindo, o que estava fazendo eu me sentir pior.

Voltei minha atenção para a minha bebida e para a pessoa que estava sentada ao meu lado, definitivamente não era Max, já que era uma mulher. Provavelmente ele tinha ido no banheiro, uns quinze copos de bebida uma hora tem que sair não? Comecei a conversar com a garota ao meu lado e tempos depois já estávamos nos beijando, não liguei para quem estava vendo, eu só precisava me distrair, a menina se afastou e se levantou e foi embora.

Desviei meu olhar para Roxy que agora estava dançando um pouco e me encarando com desgosto, segundos depois Megan chegou ao lado dela e as duas pararam, não entendi muito bem até que me deparei com uma cena.

Max agarrado à uma ruiva qualquer, os dois estavam com os corpos completamente colados, e se beijando, ou devo dizer se comendo?! Meg saiu correndo para algum canto e a Roxy foi logo atrás, mas antes parou e pegou a garrafa de tequila que tinha levado para a mesa. Depois de alguns minutos bebendo fui para a mesa dos meninos, Siva estava bebendo uma cerveja, provavelmente era o único sóbrio, tinha que ser também, Nareesha não tinha vindo junto então ele tinha que se comportar.

I'm not a slut I just love love
Eu não sou uma cachorra, eu somente amo amar!

Foi a única frase que eu ouvi até uma multidão ficar envolta da mesa do Iglesias, aquilo não me cheirava nada bem, eu puxei o Siva e nos aproximamos um pouco mais.

Tell me somethin' new
Me diga algo novo
Cause I've heard this
Pois eu já ouvi isso
"Okay I'll fuck you"
"OK, eu vou foder você"
A little taste test
Um simples teste de gosto
You'll be my little friend
Você será meu amiguinho
You'll be my little friend
You'll be my little friend
And they think we fall in love
E eles pensam que nós estamos apaixonados
But that's not it
Mas não é isso
Just want to get some
Só quero conseguir
Ain't that some shit
Não quero aquela porcaria
You'll be my little friend
Você será meu amiguinho
You'll be my little friend
You'll be my little friend
Yeaaaah, yeah, yeah, yeah

Me deparei com a cena de Megan e Roxy em cima da mesa, completamente bêbadas, seguravam duas garrafas como se fossem microfones e cantavam a musica que estava tocando.

I got a little piece of you-hoo
Eu peguei um pedaço de você
And it's just like woo-hoo
E foi tipo: WOO-HOO!
Wham, bam, thank you ma'am Boo-hoo
Wham, bam! Obrigado, madame! Boo-hoo
I'm a slut like you
Eu sou uma cadela que nem você
You say you're lookin' for a foo-ool
Você diz que está procurando uma boba
And I'm just like "me too"
E eu estou tipo: "Eu também!"
I'm gonna let ya know the truth
Eu vou te dizer a verdade
I'm a slut like you
Eu sou uma cadela que nem você

Segundos depois percebi que o resto dos meninos estavam ao meu lado apenas analisando a cena, Jay e Tom estavam rindo, lógico mais bêbados que aqueles, só as duas loucas.

Sitting with my friends
Sentada com meus amigos
And we're picking who we might let in
E nós estamos escolhendo quem nós poderiamos deixar entrar
Them boys are starving
Os "garotos" deles estão famintos
They're just our little friend
Eles são só nossos amiguinhos
They're just our little friend
They're just our little friend
You think you call the shots
Você acha que liga pra pedir algumas doses
I just bought you some
Eu te comprei algumas
Drink up your ride's gone
Beba, seu passeio já era
This might be fun
Isso vai ser divertido
You're now my little friend
Você agora é meu amiguinho
You're now my little friend
You're now my little friend
Yeaaaah, yeah, yeah, yeah

Os caras que estavam envolta gritavam desesperadamente e incentivavam a cena, Max mesmo bêbado me olhava com cara de assustado, tenho certeza que a minha cara era exatamente a mesma.

I got a little piece of you-hoo
Eu peguei um pedaço de você
And it's just like woo-hoo
E foi tipo: WOO-HOO!
Wham, bam, thank you ma'am Boo-hoo
Wham, bam! Obrigado, madame! Boo-hoo
I'm a slut like you
Eu sou uma cadela que nem você
You say you're looking for a foo-ool
Você diz que está procurando uma boba
And I'm just like "me too"
E eu estou tipo: "Eu também!"
I'm gonna let ya know the truth
Eu vou te dizer a verdade
I'm a slut like you
Eu sou uma cadela que nem você

Elas desceram da mesa e se sentaram, depois de alguns segundos elas sumiram, mas a multidão ainda não tinha se afastado.

You don't win a prize with your googly eyes
Você não consegue um elogio com esses seus olhos bêbados
I'm not a cracker jack
Eu não sou um passatempo
You can't go inside
Você não pode entrar
Unless I let you jack... or sam
Ao menos que eu deixe você, Jack... ou seria Sam..
Fuck what's your name again?
Merda, qual o seu nome de novo?
You male come now
Você, macho, venha agora!
You caveman sit down
Você, homem das cavernas, sente-se!
You shh don't ruin it, wow
Você. shhhhh, não estrague isso.
Check please!
Olha só!

Senti alguém tocando meu ombro, e Roxy estava parada atrás de mim, ainda cantando a musica, digamos que algumas frases foram soadas com mais intensidade e ódio...Megan fazia o mesmo com Max. Elas fizeram um sinal com a mão e nós acompanhamos, definitivamente elas não estavam bem, subiram no balcão do bar voltaram a cantar mas desta vez, Roxy apontava pra mim e Megan para Max.

I got a little piece of you-hoo
Eu, Eu peguei um pedaço de você
And it's just like woo-hoo
E foi tipo: WOO-HOO!
Wham, bam, thank you ma'am Boo-hoo
Wham, bam! Obrigado, madame! Boo-hoo
I'm a slut like you Woo-hoo
Eu sou uma cadela que nem você WOO-HOO
Looks like the joke's on you-hoo
Parece a piada aqui é você
So go home and cry like boo-hoo
Então vai pra casa e chore como um "perdedor"
I'm a slut like you
Eu sou uma cadela que nem você
I got a little piece of you-hoo
Eu peguei um pedaço de você
And it's just like woo-hoo
E foi tipo: WOO-HOO!
Wham, bam, thank you ma'am Boo-hoo
Wham, bam! Obrigado, madame! Boo-hoo
I'm a slut like you
Eu sou uma cadela que nem você
You say you're lookin' for a foo-ool
Você diz que está procurando uma boba
And I'm just like "me too"
E eu estou tipo: "Eu também!"
I'm gonna let ya know the truth
Eu vou te dizer a verdade
I'm a slut like you, I'm a slut like you
Eu sou uma cadela que nem você , Eu sou uma cadela que nem você!

                                      Megan’s Pov

Não sabia o que estava fazendo, só queria dançar e beber mais ainda. Depois de ver Max beijando outra garota, a vontade de bater na cara dele me aumentava a cada segundo, e a tristeza também, vi Enrique em pé perto do balcão, ele sorria deixando seus dentes brancos e perfeitos a mostra, Max também estava olhando, serio e absurdamente lindo.

- Roxy quem é aquele? - apontei para um garoto que acenava, já que minha visão estava embaçada.

- Vou ver calma aê! - ela deu um pulo do balcão e andou até ele.

- ROXY! VOLTA AQUI SUA VADIA! - comecei a rir que nem uma babaca, bebendo mais do Whisky que tinha na mão.

Em um momento insano, tentei descer do Balcão mas me desequilibrei e quase cai no chão, mas senti quatro mãos me segurando, cada uma de um lado do braço. Levantei a cabeça e vi Max e Iglesias se encarando, ainda me segurando.

- Mas o que...? - perguntei tonta.

- Esta bem Megan? - ouvi a voz de Enrique.

- Se machucou? - Max falou com raiva, mas com um certo toque de preocupação.

- To bem. - puxei os braços de uma forma um pouco brusca e levei a garrafa a boca, não queria falar com Max, muito menos ter contato físico com ele, nada que me atraísse. Fiquei olhando para onde Roxy tinha ido, ela caminhava até o garoto que sorria, depois de apertar os olhos, vi que era Zach.

- ROXY VOLTA! - gritei e ela me olhou, depois que voltou a caminhar, parou bem em frente ao garoto e começou a rir.

- Roxy me perdoa por tudo, ainda quero conversar com você. - Zach pedia um pouco alto.

- Shhh caladinho. - ela colocou o dedo indicador nos lábios como aviso de silêncio.

Deu meia volta e começou a andar de volta, quando Nathan apareceu na sua frente, vi pela pouca luz seus olhos encherem de água. Culpa da bebida fazendo efeito em mim ou nela? Caminhei até onde ela ainda estava imóvel, fitando Nathan na mesma intensidade que ele.

- Vem Roxy. - puxei seu braço e logo Enrique estava do nosso lado.
 
- Acho melhor irmos embora. - falou e concordamos. Ele passou a mão na minha cintura e segurei na de Roxy, um apoiando o outro, antes de sair pela porta do local, olhei e vi os meninos nos encarando, Max principalmente me encarando com Tristeza e raiva no olhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário